17 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
16/05/23 às 15h19 - Atualizado em 14/08/23 às 11h11

VICENTE PIRES RECEBERÁ A PRIMEIRA OFICINA PARTICIPATIVA DO PLANO DIRETOR

COMPARTILHAR

 

Vicente Pires será a primeira Região Administrativa (RA) do Distrito Federal a receber as oficinas participativas para debater os temas da revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT), como regularização fundiária, meio ambiente e transporte público. Será no dia 27 de maio, no Colégio Liceu, na Rua 6, Chácara 235, a partir das 9h.

 

As portas estarão abertas a toda a população para discutir a cidade que desejam para os próximos anos. O objetivo é saber dos moradores os problemas e potenciais da sua região.

“Esse ano o protagonismo na revisão do PDOT é da população. Queremos conhecer a cidade pela ótica de quem vive nela”, afirmou a subsecretária de Políticas e Planejamento Urbano, Juliana Coelho. “Quem vive a cidade todos os dias tem uma percepção que a visão técnica não alcança. São conhecimentos que se complementam, por isso a participação da população é de extrema importância”, ressaltou.

 

O Colégio Liceu tem capacidade para receber cerca de 200 pessoas, possui acessibilidade e paradas de ônibus próximas. Confira ao fim da matéria a localização da escola e as linhas de ônibus que passam perto do colégio.

 

Dinâmica

 

A dinâmica da oficina inclui momentos expositivos e dedicados para a população fazer suas contribuições. Os participantes serão divididos em grupos para debater temas diferentes. Há possibilidade de as pessoas participarem de mais de um grupo de discussão, para fazerem sugestões em mais de um assunto, caso queiram.

 

Haverá o registro de falas e percepções, debates em cada grupo, seleção das principais falas e a construção de um relatório final da reunião. Folders e cartilhas impressas serão distribuídas durante a oficina, explicando sobre o processo.

 

“Lembrando que esse é um momento de diagnóstico da situação, com a população falando sobre sua cidade e o que precisa melhorar. Depois desse ‘raio-X’ feito pela comunidade no diagnóstico, haverá outros momentos adiante no processo de revisão do PDOT”, explicou o coordenador de Planejamento e Sustentabilidade Urbana, Mario Pacheco.

 

Oficinas participativas

 

São 53 oficinas participativas previstas com a população do Distrito Federal para discutir a revisão do PDOT. Confira o calendário completo.

 

Desse total, 35 serão nas regiões administrativas, para tratar sobre cada uma delas. A meta é reunir o máximo possível de habitantes das RAs para debater os assuntos relacionados ao PDOT e, com isso, pensar a cidade que desejam para os próximos anos.

 

A grande novidade no planejamento do calendário para este ano são as outras 18 oficinas, que ocorrerão com vários segmentos da sociedade civil organizada para dar voz a diversos grupos na revisão do Plano Diretor. Cada segmento trata de diversos assuntos sensíveis à população, que vão desde regularização fundiária a igualdade de gênero.

CRÉDITO: LEANDRO CIPRIANO

Mapa do site Dúvidas frequentes